sábado, 9 de maio de 2009

Rap do sono

Sono
falta de concentração
fecho o olho e durmo
acordo não tenho opção

Acordo as 9h não tenho tempo pra pensar
estou no meio da aula
a professora a falar
escondo acordado a opção de pensar
e durmo noiado de a professora escutar

Meu roncosilencioso de aus~encia
meu canto charmoso de entrega a sonolência
cabeça caída no meio da mão
o pé,no chão,não tenho opção

Não tenho desejo
não tenho necessidade
não tenho ensejo
não tenho vontade

Só durmo,desmaio
caio no chão
o sono vem
sem opção

Me conta devagar tudo o que ocorreu
que ele dormindo não era
que eu acordado não era
o que era realmente eu

2 comentários:

Taiyo Omura disse...

boa léque, agora desse um açaí pa nois marrconi!!!

demais, pra ser répada no corujão!

ao som de beat box no microfone

Rafael disse...

Aê mano, to cum sono, sente essa batida. Tum, ti, tum, tumtum, tum ti...