quinta-feira, 16 de abril de 2009

Caderno de faculdade

Travessia curta de pensamentos me invadem de manhã
Misturo ânsia com medo
Lembro do gosto de avelã
Sinto uma força vã
por trás da pele

Pela pele sai a pele
Pelo sim digo talvez
Solto ar de paredes brancas
Casas,ashtangas
Movimentos de papel paupáveis
Movimentos agitáveis
Medo de treinar o que progride
E um pouco de medo do que insiste
Esta manhã é de segunda
Segundo ela é segunda
porque a primeira não existe
não persiste
aquela primeira brincadeira
Descanso manso a doença me deu
Retiro manso no campo
Judas Santo Tadeu

Nenhum comentário: