quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Cadê?

Sinto muito
por não saber sentir
não sou poeta
mal sei ouvir

Ando pelas ruas
como se estivesse triste
não sinto nada
e me identificam na tristeza

sou só um homem em meio a chuva
sozinho
sem sentimentos,sem ouvidos,sem vestidos e mácaras
sozinho
sem graça

Perdido nas ruas de copacabana
sem grana,sem raça
sem medo,sem drama
sem cachaça

Cadê?
aquilo tudo que acontece nos filmes
cadê o amigo que vem socorrer nas horas de solidão
cadê o amor
cadê...
cadê?!
cadê você?

sinto sua falta...

Um comentário:

Taiyo Omura disse...

tá aqui
e

(no teu coração)